LEVANTAMENTO DE DOENÇAS RESPIRATÓRIAS E SUA ASSOCIAÇÃO COM AMBIENTES CLIMATIZADOS NA COMUNIDADE DA UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA (UNOESC) DE XANXERÊ

Leticia Narciso, Alexandre Maslinkiewicz, Daniela Reis Joaquim de Freitas

Resumo


A qualidade de vida das pessoas é influenciada pela qualidade do ar que é respirado. Em grande parte do dia, muitas pessoas chegam a passar mais de 80% de seu tempo em ambientes fechados, o que pode afetar a saúde dos ocupantes desses ambientes. Os ambientes climatizados artificialmente são projetados para oferecer o máximo de conforto a seus ocupantes, mas pode ser ameaçador à saúde humana, pois o ar condicionado pode estar contaminado por partículas, poeira ou filtros colonizados por diferentes micro-organismos, como bactérias, fungos e vírus que são capazes de sobreviver em ambientes secos por longo tempo. O presente estudo teve como objetivo fazer um levantamento na comunidade universitária da Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc) de Xanxerê, por meio de questionários, do índice de doenças respiratórias que essa comunidade apresenta e sua suposta associação com ambientes climatizados. Foi entrevistado um total de 700 indivíduos (75,8% do sexo feminino e 24,2% do sexo masculino), entre as idades de 18 e 35 anos. Os resultados mostram que cerca de 34,96% das mulheres e 17,06% dos homens entrevistados apresentam algum tipo de alergia respiratória, e grande parte desses indivíduos (60,94% das mulheres e 48,24% dos homens) associam essas doenças a ambientes climatizados os quais frequentam no dia a dia. Esses dados são importantes para ajudar a compreender a origem das doenças respiratórias e como evitá-las nesse fragmento de população.

Palavras-chave: Doenças respiratórias. Ambientes climatizados. Entrevista.


Texto completo:

PDF


Incluir comentário

Licença Creative Commons
Unoesc & Ciência ACBS de Editora Unoesc está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://editora.unoesc.edu.br/index.php/acbs/index.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://editora.unoesc.edu.br/

ISSN: 2178-3411

 

Visitas a partir de 26 janeiro 2017

contador de visitas online