“Entrelugares” identificados numa experiência de intercâmbio universitário na Itália

Clara de Freitas Figueiredo, Reinaldo Matias Fleuri

Resumo


No âmbito do projeto de pesquisa “Elaboração de subsídios teórico-metodológicos para a educação intercultural”, a bolsista IC, estudante de pedagogia (UFSC), realizou m estágio de intercâmbio acadêmico na Universidade italiana Roma Tre e no projeto Aquilone,  durante o primeiro semestre de 2007. Buscou compreender o caráter multidimensional e complexo de experiências educativas realizadas na interação entre sujeitos e movimentos sociais de identidades culturais diferentes, de modo a colaborar para a elaboração de referenciais teórico-metodológicos para a Educação Intercultural. A atuação no espaço “inter”, no “entrelugar” entre duas ou mais culturas, particularmente em processos migratórios, permitiu identificar a diferença de enfoque da educação intercultural, entre os países do norte e do sul; a sua eminente importância como mediadora das relações dos imigrantes com os autóctones; a importância da utilização de processos de trocas culturais, interculturais para a desesteriotipização, descolonização cultural e (des)subalternização.

Palavras-chave: Educação Intercultural. Intercâmbio Universitário. Experiências Formativas.


Texto completo:

PDF